A “safra das safras” tem 395 amostras inscritas na 28ª Avaliação Nacional de Vinhos

Foto: Jeferson Soldi

compartilhar

Diante de um ano incomum, refém da pandemia de Covid-19, mas que teve uma safra histórica no país, a Avaliação Nacional de Vinhos, outro evento que conta com o apoio da Vêneto Mercantil, recebeu a inscrição de 395 amostras de vinho de 54 vinícolas brasileiras, que desejam mostrar o grande potencial do vinho brasileiro.

A ABE, pensando na segurança e saúde de todos, transferiu a data do evento para o dia 7 de novembro e, no mês de setembro, serão apresentadas as inovações no formato do concurso para este ano. Tudo para seguir com a Avaliação Nacional de Vinhos com responsabilidade.

No último dia 24 de agosto, as amostras começaram a ser coletadas para a avaliação as cegas. Técnicos da Embrapa Uva e Vinho e da Associação Brasileira de Enologia (ABE) estão percorrendo o Brasil, passando de vinícola em vinícola na tarefa mais importante da maior degustação de vinhos de uma safra do mundo, até o dia 04 de setembro. Há amostras que irão percorrer mais de 3 mil quilômetros para chegar em Bento Gonçalves.

Além do formato, há também novidades nas categorias de avaliação. A primeira é a categoria específica para Vinhos Rosés Finos Secos. Já a segunda, é que a categoria Vinhos Tintos Finos Secos irá aceitar, além de vinhos com 100% varietais, vinhos com corte de uvas tintas finas também. As outras categorias permanecem iguais: Vinhos Base para Espumante, Vinhos Brancos Finos Secos Não Aromáticos, Vinhos Brancos Finos Secos Aromáticos e Vinhos Tintos Finos Secos Jovens.

 

Fonte: ABE